Seguidores: Os Bons que respeitam os "Direitos Autorais"

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Fui plagiado! Você também??? Comente aqui! Sim e Estou divulgando conforme sua autorização!


Minha foto

PLAGIARAM NOSSO (A PEDRA)




Alerta de plágio!

Nosso poema A pedra, continua aparecendo em Sites e Blogs, de forma equivocada sem os devidos créditos ou de maneira delituosa com o nome de falsos autores. Denuncie, comente, divulgue!

Cabe lembrar que plágio é crime e os infratores estão sujeitos à responsabilização judicial.
Resolvi abrir aqui um espaço para a denuncia de plágio. Se como eu, você teve seu conteúdo roubado por plagiadores nefastos, use o espaço de comentários dessa postagem, para divulgar essa violência perpetrada contra os reais autores. É o mínimo que podemos (e devemos) fazer em favor do respeito aos direitos autorais e combate ao “parasitismo intelectual”. Após deixar aqui seu relato, leia em blogs sobre o tema: Denunciar conteúdo ilegal ao bloggerCARTILHA SOBRE PLÁGIO ACADÊMICOBlogosfera Legalizada- Notícias e informações sobre Direitos Autorais, Plágio e Segurança Digital para BlogueirosPlágio - Crime previsto em lei . 
O poema A pedra, de minha única e exclusiva autoria. Continua a aparecer na Web sem os devidos créditos. Tendo sido copiado do meu antigo* site (br.geocities.com/aponarte/, www.geocities.com/aponarte/ veja aqui, um instantâneo de 2002 do site na Wayback Machine, onde clicando no link: Poesia, a encontrará entre tantos outros de meus versos). A pedra, anda circulando como sendo de autor desconhecido, com o nome de plagiadores (assinando indevidamente uma versão modificada e não autorizada do mesmo). Até como de Chaplin, Fernando Pessoa e Renato Russo, tem aparecido.
A publicação dele no blog e no "Recanto das Letras" se dá conforme a criação do blog e da minha inscrição e atividades no referido agregador de conteúdos. Infelizmente, a WEB está infestada de usurpadores e criaturas de caráter deficitário, que violentam a ética, usando o plágio como máscara para ocultar sua medíocre incapacidade de criar.
 Os sites e blogs, que por desconhecimento, postaram o texto com os citados problemas, quando esclarecidos, prontamente realizaram as devidas correções.
Peço ao amigo leitor, que encontrando esse ou outro de nossos escritos sem os devidos créditos, comunique-nos e ao responsável pela página equivocada. Se possível, divulgue nas redes sociais que participa: Twitter, Facebook...
 Obs. *Com a decisão do Yahoo/Geocities de suspender o serviço de hospedagem de site. Migramos para a plataforma Blogger (Após testar outras opções). Passando a usar o domínio próprio: http://www.aponarte.com.br
Acredito que a divulgação é o primeiro passo para desmascarar os mal intencionados, os que DOLOSAMENTE se apropriam da criação alheia. Assim também, alertamos os incautos e desavisados para a gravidade do CRIME de plágio e a importância de dar os reais e devidos créditos aos autores, respeitando a propriedade intelectual, como previsto na lei de direitos autorais. Sob pena de responsabilização judicial por ROUBO.
O endereço com a forma original do meu poema plagiado:
http://www.aponarte.com.br/2007/08/pedra.html
Foto ilustrativa de CharlesNetto

  • Isto é um absurdo meu amigo o que relatas que aconteceu e esta acontecendo quanto a preservação dos Direitos Autoriais, devemos sim fazer o alerta, Protestar e também divulgar, pois se nos calarmos estamos permitindo que continuem errando, obrigado por partilhar!
    Também peço sua autorização para eu colocar em um dos meus Blogues intitulado "Clube dos Plagiados" este seu post com o seu Link e todas as referências citadas, ok!
    1. Antonio Pereira (Apon)Jan 26, 2012 07:19 AM
      Olá Charles!
      Não só autorizo, como agradeço. Conto com todos que possam me ajudar a resgatar a verdade quanto a autoria do meu poema.
      Um abração.




  • CharlesNettoJan 26, 2012 07:25 AM
    Obrigado amigão depois trago o link para sua apreciação se ficou de acordo ok!




  • Leia mais: Fui plagiado! Você também??? Comente aqui! • A arte da vida. Apon HP http://www.aponarte.com.br/2010/03/pedra-republicando-poema-e.html#ixzz1kZwQit2q 

    Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives 









    sábado, 14 de janeiro de 2012

    Plagiador...Nosso maior admirador: Postado por Cecilia sfalsin e com sua autorização publiquei aqui!


    Plagiador...Nosso maior admirador

    Copiar e colar quando se dá créditos ao autor não é crime e sim uma forma de admiração sadia, honesta e sincera. Além de estar se identificando com que acabou de ler, a pessoa  optou por compartilhar e divulgar a obra ao qual se emocionou. 

    Mas todos sabemos que plágio é crime, ( Lei 9.610).que segundo o dicionário significa cópia mais ou menos disfarçada da obra alheia. ou seja tomar posse de algo que não é seu e assinar por ele.

    Infelizmente não temos tanto tempo para sair pesquisando quem nos plagiou ou não , mas com certeza máscaras caem e acabam deixando pessoas com rostos descobertos pela façanha de não saberem criar , nem tão pouco honrar, mas plagiar, roubar, enganar. 

    Na minha concepção uma pessoa que comete tal ato é um eterno admirador do autor, porém de uma forma contrária ao que poderia ser, são pessoas que são fascinadas por nossos textos , admiram, curtem, se identificam com eles, mas se sentem incapazes de brincar com as palavras , e por este motivo copiam , colam e assinam tomando posse do lugar de autor, ou muitas vezes diz desconhece lo. 

    Em meus blogs sempre será encontrado citações de outros autores, ou textos meus com frases ou trecho de textos que não são de minha autoria, mas com certeza a identificação dos mesmos 
    estarão por la, o que não é uma forma errada de se estabelecer um contato maior com leituras lindas e edificantes que encontramos por ai...

    Quando compartilhamos o texto de alguém lhe dando os devidos créditos estamos apenas transmitindo algo que foi bom , apreciado , entendido e admirado por nós de forma carinhosa, e assim merecendo ser dividido com pessoas que também irão gostar.Isto chama se fidelidade de leitor....

    Cada um tem sua forma de expressar, ou de expor seus trabalho, desde que agem de forma honesta, inovando, transformando, criando e compartilhando. Dar honras a alguém não nos faz menores do que aquela pessoa e sim capacitados a reconhecer o esforço alheio .Isto pra mim chama se virtude...

    E para encerrar minhas palavras deixo um caso ocorrido em 1931, em Viena, quando o escritor austríaco Egon Friedell (1878 - 1938) escreveu ao seu plagiador, um certo Anton Kuh, uma memorável carta aberta, com o seguinte teor:

    Prezado Senhor,
    Foi surpresa verificar que resolveu publicar a minha humilde estória, "O imperador José e a Prostituta", tal como a escrevi, com o acréscimo das três palavras: "Por Anton Kuh" , na publicação Querschnitt. Honra-me sem dúvida o fato de sua escolha ter recaído na minha estorinha, quando toda a literatura mundial desde Homero se encontrava à sua disposição. Teria gostado de retribuir na mesma moeda, mas depois de examinar toda a sua obra, não encontrei nada que tivesse vontade de subscrever. (ass) Egon Friedell.

    Cecilia sfalsin

    Fonte da citação em vermelho:(http://pt.wikipedia.org/)
    Minha grande amiga "Cecilia sfalsin" seu post esta cravejado de pérolas preciosas em cada palavra descrita na postagem e enriquecida com verídicos fatos descritivos que exemplificam bem a diferenciação do plagiado e plagiador, portanto gostaria de aproveitar a oportunidade para lhe pedir autorização para acionar sua postagem em um de meus blogs que tem o título Clube dos Plagiados se me desse a honra de autorizar é claro!
    Ola Charles ,

    Bom dia,
    Amigo que bom que gostou , foi apenas uma forma de expressar minha opinião sobre tais pessoas que insistem em furtar letras....Mas claro que autorizo , e será uma honra ter um dos meus textos em teu blog....
    Abraços e obrigada..
    texto total de autoria  da amiga "Cecilia sfalsin" do seu post  no link:
    Imagens da Internet...